Desenvolvimento Sustentável

Desenvolvimento Sustentável

O conceito de desenvolvimento sustentável, que teve sua origem no conceito de uma sociedade capaz de manejar seus recursos naturais de forma tal que fossem tão duráveis como pudesse ser possível, foi introduzido na Estratégia Global sobre a Conservação (UICN, 1980).

O objetivo fundamental é que o progresso da Sociedade Humana seja alcançado de forma tal que a utilização atual dos recursos e serviços, fornecidos pelos sistemas naturais e humanos, não afete de forma crítica a disponibilidade futura deles. No sentido mais simples, trata-se de que as trajetórias de desenvolvimento sejam escolhidas para que as gerações futuras possam dispor dos elementos de seu sustento, sem as limitações que resultariam se as atuais excedessem os limites de sua renovação.

O conceito foi adotado pela Comissão sobre Meio-ambiente e Desenvolvimento, criada pela ONU em 1983, que o integrou no seu Relatório, conhecido como Relatório Brundtland (1987). Finalmente, foi adotado pela Conferência do Rio (CNUMAD, 1992).

Essa Conferência norteou o conceito de desenvolvimento para um processo de mudança, no qual a exploração dos recursos, a direção dos investimentos, a orientação do desenvolvimento tecnológico e as mudanças institucionais sejam harmonizadas, para que o potencial atual e futuro do progresso humano se adeque para satisfazer as necessidades e aspirações das gerações futuras. O desenvolvimento sustentável deverá fazer parte das dimensões humanas ou sociais, ambientais e económicas e suas interconexões.

A decisão política deve considerar esses três fatores, assumindo o apresentado no Relatório sobre os limites ao crescimento, como o Clube de Roma salientou, no seu relatório homônimo, publicado em 1972.

Além disso, é importante destacar que a Mudança Ambiental Global, em particular o esquentamento da terra, acrescenta seus impactos ao alcance da sustentabilidade. Isso obriga os tomadores de decisões institucionais, bem como os privados, à adoção de uma ética da mudança climática. Quando no seu progresso, individual ou comunitário, eles coloquem em perigo a durabilidade dos recursos e serviços naturais e humanos, deverão deter suas atividades.

No Hay Comentarios

Agregar Un Comentario