Fórum Extraordinário: apresentação premiada e feedback

Fórum Extraordinário: apresentação premiada e feedback


Feedback

O Capítulo Argentino do Clube de Roma deseja expressar, em primeiro lugar, seu agradecimento às pessoas que participaram de maneira ativa nesta primeira sessão do Fórum Extraordinário e também aos que assistiram a sua realização. 

Nesta oportunidade, as exposições foram três, e todas elas apresentaram ideias e reflexões que merecem a consideração em programas de pesquisa sobre sistemas mais modernos, conscientes e pacíficos. 

O júri considera que as três contribuem com elementos éticos, intelectuais e culturais valiosos, e assim parabeniza aos autores.  

A continuação apresenta-se o feedback de cada exposição. 

Denis

O frenético avanço da tecnologia, especialmente das tecnologias das comunicações, torna pertinente a pergunta sobre a reformulação das bases de participação no sistema democrático. 

O sistema representativo é parte fundamental da engrenagem que possibilita o funcionamento dos atuais sistemas democráticos. A impossibilidade ou a dificuldade da participação massiva direta nas questões públicas é um dos motivos pelos quais o sistema representativo se torna necessário no funcionamento da democracia.  

Contudo, o ideal de participação direta de todos os indivíduos nas questões públicas e na tomada de decisões, possivelmente esteja mais perto de se concretizar se considerarmos as novas tecnologias da comunicação e seu rápido avanço no relativo à utilidade e à eficácia. 

Assim, parece razoável pensar que a defasagem que existe entre a atual forma de participação em uma democracia e a moderna tecnologia de comunicação possa ser ajustada em prol da progressiva superação do que poderia se considerar “voto de consolação”.

María

O desenvolvimento saudável da democracia depende, sem dúvidas, e em grande medida, do grau de critério ético que exista em uma sociedade e da prática de valores como o respeito, a tolerância, a honestidade, a retidão, que nunca perdem sua alta hierarquia. 

É difícil, para não dizer impossível, imaginar a possibilidade do aperfeiçoamento progressivo da democracia sem cidadãos com uma consciência mais ampla da vida. Há muito tempo que a sociedade está se desenvolvendo no contexto de um sistema imperante, que encaminha a consciência humana em intenções, desejos e práticas egoístas e interesses materiais. 

É teoricamente lógico supor que um ser humano, com uma consciência mais ampla de seus direitos e obrigações na vida, possua o poder de influir mais adequado aos grandes ideais de regulação da paz, do bem-estar geral e da felicidade.

A importância da ética e dos valores é fundamental porque atravessam todos os campos de ação humana e determinam a sustentabilidade ou não sustentabilidade de um sistema democrático. A falta de ética e o valor do desvalor aprofundam o egoísmo obstaculizando a possibilidade do desenvolvimento humano em toda sua dimensão. 

Uma pergunta seria: que aspectos de nosso sistema de vida deveríamos mudar para nos sentirmos estimulados e mais confiantes no momento de levar à prática o que há de bom em nossa natureza? 

Marie Louise

Falando com o jargão específico do campo informático: se desejarmos instalar um software atual em um sistema operacional antigo, é bem provável que ele não possa ser executado.

Em um sistema onde reinam, como regras operacionais básicas, o egoísmo e as metas materiais, a prática da amizade ou da gratidão são difíceis, bem como a consecução da liberdade e da igualdade.

Essas altas aspirações sempre serão luminárias na rota do progresso do sistema de vida humano, mas também podemos dizer que não serão alcançadas plenamente até que o homem não seja consciente da importância de colocar em suas ações o carimbo do amor como garantia espiritual.

Corresponde então perguntar: é possível educar as novas gerações no amor fraternal e no amor na própria vida e em tudo o que ela contém?   

Com os nossos melhores cumprimentos,
Capítulo Argentino do Clube de Roma

Apresentação premiada

O júri decidiu conceder o primeiro prêmio estímulo à criatividade intelectual a Denis.

O Capítulo Argentino premia a apresentação de Denis por entender que sua contribuição enriquece a formulação de uma transformação da prática da democracia em direção a um nível, provavelmente, mais dinâmico e eficaz.

No Hay Comentarios

Agregar Un Comentario